Estudos

IMIGRAÇÃO NO BRASIL DISCURSOS EM DISPUTA E PRÁTICAS SELETIVAS

Lená Medeiros de Menezes
PDF document IMIGRAÇÃO NO BRASIL DISCURSOS EM DISPUTA E PRÁTICAS SELETIVAS.pdf

Desde o século XIX, e com mais expressão a partir dos anos setenta, dois discursos centrais caracterizaram as polêmicas em torno da imigração no Brasil. Por um lado destacava-se aquele que via na imigração – destacadamente, na imigração européia – o caminho a ser seguido em direção ao progresso e à civilização, interditada a possibilidade deste ser trilhado com base na mão-de-obra de ex-escravos. Por outro, aquele que defendia o estabelecimento de uma legislação restritiva na entrada e requisitos para a permanência do imigrante em solo brasileiro, consagrando a prática da expulsão como processo de seleção a posteriori. Tomando como ponto de partida essa polarização, a comunicação dedica-se a analisar o impacto do processo imigratório no Brasil, com destaque para a imigração portuguesa no Rio de Janeiro, e as formas pelas quais idéias, interesses e discursos “em disputa” desde os tempos imperiais transformaram-se em praxis política a partir do advento da República. Nesse sentido, contempla análises sobre as práticas seletivas adotadas na entrada no país e a generalização da expulsão como processo destinado a combater a ação anarquista no seio do movimento operário e a expansão da contravenção e do crime nas grandes cidades, com destaque para a capital.