Investigadores

Picture of Maria Izilda Santos de  Matos   Maria Izilda Santos de Matos 
É doutorada em História (1991), pós-doutorada na Université Lumière Lyon 2/França (1997), professora titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Participa de vários projectos de pesquisa, é pesquisadora do CNPq. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil, actuando principalmente nos seguintes temas: imigração portuguesa, história e género, história e cidade.
Cargo Professora
Instituição Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
E-mail 
Publicações O imaginário em debate. SP, Olho d'água, 1998; Melodia e Sintonia: o masculino, o feminino e suas relações em Lupicínio Rodrigues. RJ, 2.ª ed., Bertrand Brasil, 1999; A Cidade em debate. SP, Olho D'água, 1999; Por uma história das mulheres, SP: EDUSC, 2000; Meu lar é o botequim, SP, Cia Editora Nacional, 2.ª ed., 2002; Dolores Duran: Experiências Boêmias em Copacabana nos anos 50. RJ: Bertrand Brasil, 2.ª ed, 2002; Cotidiano e Cultura: história, cidade e trabalho, SP, EDUSC, 2002; Ancora de Emoções, Bauru, EDUSC, 2005; Gênero e Terceiro Setor. Ed. Catavento, 2005; A cidade, a noite e o cronista: São Paulo de Adoniran Barbosa. Bauru, EDUSC, 2008; Deslocamentos e histórias: os portugueses, Bauru, EDUSC, 2008. Nas Duas Margens. Os Portugueses no Brasil. CEPESE / Edições Afrontamento. 2009 Entre Mares. O Brasil dos Portugueses. Paka-Tatu. 2010 As Relações Portugal-Brasil no Século XX. CEPESE / Fronteira do Caos. 2010 Um Passaporte para a Terra Prometida. CEPESE / Fronteira do Caos. 2011 De Colonos a Imigrantes. I(E)migração portuguesa para o Brasil. Alameda. 2013